TOP Cidades Para se Conhecer Antes de Morrer

Então que eu sou todo trabalhado nas viagens nacionais e internacionais, darlings. #SouDesses e adoro poder ser assim. Sinceramente, acho que o que levamos dessa vida são as nossas experiências e o que aprendemos. E quer forma melhor de aprender do que conhecendo culturas e pessoas de diferentes partes do mundo?

Nessas minhas andanças por aí, já conheci algumas partes desse mundão de meu Deus e resolvi elencar cinco cidades que eu julgo imperdíveis, daquelas que você pode botar numa lista de “5 Cidades Para Conhecer Antes de Morrer”. Aloka!

‘Bora viajar então? Apertem os cintos e ahazem!

Buenos Aires

A capital de nossos hermanos argentinos é quase quintal de casa para os brasileiros, sweets! Andando pela Florida, por exemplo, uma grande rua do centro de Buenos Aires, se bobear você ouve mais português do que espanhol. Aloka!

Contando com paisagens belíssimas, Buenos Aires se orgulha de ser “a mais europeia das capitais americanas”. Ahaza! E os pontos turísticos são tantos e tão belos, contando com lugares como Puerto Madero, Caminito, Palermo e a Feira de San Telmo.

Aproveitem que é pertinho e barato em conta, darlings. Para quem nunca viajou para fora do Brasil, começar por Buenos Aires é digno e lusho!

Nova York

Da capital portenha, para aquela que é considerada a capital do mundo. Como não suspirar apenas ao pensar em Nova York e em toda sua grandeza e mistura de sotaques e culturas?

Capital das tendências e novidades, tudo parece acontecer primeiro em Nova York para depois se espalhar pelo resto do mundo. Fora que a possibilidade de passear por todos os lugares que você viu inúmeras vezes pela televisão e no cinema é incrível!

Central Park, 5th Avenue, Broadway, passando pelo Marco Zero e se encantando com a Estátua da Liberdade. Fora todo o entorno de Manhattan e afins. Só de falar me dá vontade de pegar um avião e ir correndo pra lá. Aloka!

Paris

Paris, Paris, ah, Paris! A Cidade Luz, terra dos amantes e dos amores, capital da França e, durante muito tempo, referência de moda e tendências. Paris, Paris, Paris! Nunca me canso de repetir seu nome! Ahaza!

É impossível conhecer Paris e não se embasbacar com a beleza inerente à cidade. A Torre Eiffel é daqueles monumentos que te fazem perder o fôlego diante de sua magnitude e a Champs-Élysées a avenida mais charmosa de todo o mundo, com suas mil lojas, das melhores marcas existentes. Como não gostar e gastar?

Além disso, conhecer  o Louvre, a catedral de Notre Dame, as margens do Sena, a praça da Bastilha, o Moulin Rouge, e o castelo de Versailles nas proximidades é imperdível.

Roma

Provavelmente a cidade que mais me surpreendeu quando conheci, Roma é IM-PER-DÍ-VEL, melbem! Misturando o antigo com o moderno, Roma é uma cidade efervescente e pulsante, que atrai nossos olhares para todos os cantos e monumentos.

O Coliseu, o Foro Romano, a Fontana di Trevi, a escadaria Espanhola, as Termas de Caracala, o Vaticano, tudo merece ser conhecido e visitado. Aliás, caminhar por Roma é uma delícia, já que a todo momento somos surpreendidos por algo “novo” a ser descoberto.

E a comida, people??? Nunca comi tão bem em minha vida, provando as melhores pastas e pizzas do mundo TO-DI-NHO. Nham nham!!! Fora o plus que a cidade oferece: os italianos, homens e mulheres, são lindos. #FicaDica

Rio de Janeiro

Impossível deixar a MINHA cidade de fora dessa lista, darlings! Porque sou carioca e porque amo cada cantinho desse paraíso chamado Rio de Janeiro. E agora, com Copa do Mundo, Olimpíadas e mil eventos para acontecer, os olhos do mundo todo se voltam para o Rio. Ahaza!

Com praias deslumbrantes e cercada de verde por todos os lados, o Rio alia as belezas naturais com a modernidade numa mistura única. Passear pelo centro histórico é como voltar ao passado, ao mesmo tempo em que se vê cercado de pessoas no turbilhão da vida moderna.

E os lugares para se conhecer? O Maracanã, o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor, o Jardim Botânico, as praias de Copacabana e Ipanema. Ufa, e isso é só um tantinho de nada do que a cidade oferece! Fora o próprio carioca, sempre simpático por natureza, embalado pelo ritmo do samba e do carnaval.

Conhecer o Rio é se encantar por um way of life todo próprio e diferente. E saber que a cidade está sempre de braços abertos para receber a todos de volta.

Só de lembrar eu fiquei saudoso de tantos lugares! E como sou todo trabalhado nas viagens, esse TOP TOP pode ter uma continuação, que tal? Vou amadurecer a ideia.

Mas pergunto: concorda comigo, conhece algum desses lugares, indicaria outros? Boca no trombone, dedo nos teclados e a caixa de comentários é toda sua. Me conta!!!!

Beijos,

Stanford

Futilidades de Sexta [8]

Sexta-feira, final de semana dando as caras e nós aqui, todos trabalhados em comentar a vida alheia. Ahaza! E como não temos tempo a perder, vamos à pauta?

  • Dakota Cochrane

Uma das “polêmicas” da semana residiu na revelação do nome de Dakota Cochrane como um dos participantes da edição de número 15 do reality show americano The Ultimate Fighter, que, pra quem não sabe, nada mais é do que um reality que acompanha um grupo de lutadores de MMA, aquele esporte de um bando de homem seminus e se agarrando, em busca do estrelato.

Dakota Cochrane, todo trabalhado no ataque no MMA

Só que Dakota já é conhecido do público gay, já que fez uma série de filmes pornográficos antes de entrar para o MMA com o nome de Danny. E eu pergunto: e daí, darlings? Se o menino gostava de se exibir com outros meninos antes do esporte, o que interessa nesse momento?

Danny em "ação". Antes do MMA, é claro!

Até o momento, Danny Boy Dakota possui 11 vitórias e 2 derrotas em sua carreira e está confirmado no The Ultimate Fighter 15, que estreia nos EUA no dia 09 de março. E euzinho aqui assino embaixo das palavras de Dana White, presidente do UFC, sobre o assunto:

“Se algum lutador do UFC é homossexual, o ideal é que saia do armário. Não me importo nem um pouco se tem um lutador gay no UFC. Dá um tempo, né? Estamos em 2012.”

#Curti e aplaudo, darlings!

  • George Clooney

Numa entrevista para a revista The Advocate o tesudo tudo de bom George Clooney comentou os boatos de que ele seria gay e ahazou na declaração. Eu, e acho que muita gente há de concordar, homem que é homem é quem sabe se impor e não precisa provar nada pra ninguém. Igual ao George Clooney. Confiram partes da declaração do ator, darlings:

“Acho engraçado. Mas a última coisa que você me verá fazendo e sair por aí dizendo: ‘É mentira!’. Isso seria injusto e grosseiro com os meus bons amigos da comunidade gay. Não vou deixar ninguém fazer parecer que ser gay é uma coisa ruim. (…) A quem incomoda o fato de alguém ser gay? Eu estarei morto há muito tempo e as pessoas continuarão dizendo que eu era gay. Não me importo. Minha vida particular é particular, e estou muito feliz com ela. Você vive sua vida bem, trata as pessoas bem e espera que ninguém invente histórias sobre você, mas elas inventam de qualquer forma.”

George Clooney, um homem com H. Alguém duvida? Beijos pro astro, aloka!

  • Angelina Jolie

Eu acabei esquecendo de citá-la no post sobre os melhores e piores vestidos do Oscar 2012 e quase fui apedrejado, aloka! Então, como eu também curti o vestido da Sra. Brad Pitt (que poderia estar vestindo o Brad, ahaza), o trouxe para essa edição do #FutilidadeFeelings.

Entretanto, mais que o vestido, eu tive de reparar: como está magra essa mulher, não? Medo dessas mulheres cadavéricas. #CurvasSãoLindas

  • Luciana Gimenez

Só algo a declarar pra Luciana Gimenez e sua pose de yoga: eu, heim! Isso pra mim é quase uma auto-masturbação. Aloka! Mas, calei-me, porque eu vejo alguém divulgando esse tipo de imagem e só penso merda. Ahaza!

  • Rio de Janeiro

Pra mim, a celebridade da semana! O meu amado, idolatrado, salve, salve, Rio de Janeiro acabou de completar no dia 01 de março os seus 447 anos, enxutíssimo, com corpinho de 27, melbem!

Com seus problemas, como toda grande cidade, e suas paisagens deslumbrantes, o Rio conquista cariocas nascidos aqui e os que adotam a cidade como sua. Não tem como não comemorar algumas das mudanças visíveis na cidade e desejar que ela continue sempre de braços abertos, tal qual o Cristo que nos abençoa todos os dias, para todos nós.

Rio de Janeiro, parabéns!

E vou ficando por aqui. Afinal, os dias de verão estão quentes e lindos e a praia chama por mim, darlings! Nos vemos na segunda.

Mil beijos,

Stanford