Colírios: Atores de Fina Estampa

Fina Estampa está em sua reta final, já estamos vendo os comerciais de Avenida Brasil, a nova novela das 21h no ar e, mais do que o sucesso da novela, algo é inegável: quanto ator bom (em vários sentidos) no elenco, né? É batata: ver a novela e aquele tanto de homem maravilhoso sem camisa pra temperatura subir. Aloka!

Assim, pra brindar o sucesso da novela de Aguinaldo Silva e cia ilimitada, o Colírios dessa semana é dedicado a eles: os gatos de Fina Estampa. Vamos conferir os meus eleitos?

Caio Castro, o Antenor da novela, um exemplo perfeito de ator-delicinha sensação.

Dudu Azevedo e seu Wallace Mu fizeram todo mundo se interessar mais por MMA, né? Hihihi

Malvino Salvador, o intérprete do todo bom Quinzé. Dá pra entender porque a mulherada da novela baba por ele, né?

O tudibom Carlos Casagrande e seu Juan conquistaram a chatinha da personagem de Tania Kalill e nos fez suspirar com tanta beleza.

Carlos Machado aterroriza com seu vilãozinho Ferdinand. Sabiam que na vida real o ator também é dentista? Fico de boca aberta. Aloka!

Rafael Zulu é o gerente mais tentação das agências de moto com seu Edvaldo, não acham?

Paulo Rocha e seu sotaque português faz de seu Guaracy um personagem adorável, gostoso, tudibom que eu queria pra mim. Ahaza!

Prontinho, pode parar de se abanar, porque a-ca-bou! Aloka! Confessa pra mim: fiz uma seleção muito boa, né? Eu sei, eu sei, #SouDesses, hihihi

Mil beijos,

Stanford

Anúncios

Escrito Para Um, Interpretado Por Outro

Eu acho que escrever e produzir uma novela deve ser complicadíssimo! Não só pelos cuidados com a trama, pra não descambar pra chatice e na enrolação, mas também por causa do ego dos atores, que sabemos bem, é coisa que vive nas alturas. Ahaza!

Além disso, tem algo que muita gente não sabe, mas que quem acompanha esse maravilhoso mundo televisivo sempre lê a respeito: nas escalações do elendo para as novelas e séries, nem sempre o ator para que um papel foi feito acaba assumindo o posto. Assim, muitas vezes, às pressas, outro ator tem que ser chamado para a produção. Uma loucura, que muitas vezes acaba dando muito certo para o ator que entrou de gaiato nessa história toda.

O TOP TOP de hoje pega algumas dessas histórias mais recentes e divide com vocês. Porque, darlings, sou desses, que adora elencar e ainda por cima divulgar. Aloka!

Confere aí:

Bebel

Em Paraíso Tropical, de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, foram Camila Pitanga e Wagner Moura quem mais se destacaram. A prostituta Bebel e o vilão Olavo roubaram todas as cenas em que apareceram e conquistaram o público. O detalhe fica por conta da atriz que foi originalmente pensada para viver Bebel: Mariana Ximenes.

Falou-se na época, que Mariana não estava confortável no papel de uma prostituta e aprendiz de vilã, por isso declinou do convite, o que acabou colocando Camila Pitanga na novela. Convenhamos que ela deve muito ter se arrependido, né, sweets? Tanto que tempos depois ela encarnou a sua vilã-cachorra em Passione, de Sílvio de Abreu. Seria Clara uma forma de tentar corrigir o fato de ter aberto mão da Bebel?

Paula – Thaís

Ainda em Paraíso Tropical, outra mudança de atores teve de ser realizada. Depois de trabalhar com Cláudia Abreu em Celebridade, onde a atriz ahazou como a vilã Laura, Gilberto Braga escreveu as gêmeas Thaís e Paula especialmente para Cláudia. Só que a atriz engravidou e teve de abrir mão dos papéis, que acabaram vividos por Alessandra Negrini. E eu já digo logo: achava a Paula um saco, mas adorava a Thaís. #SouDesses, que torcem pro vilão.

Léo

Serão Gilberto Braga e Ricardo Linhares os azarados na escalação do elenco? Aloka! Em Insensato Coração, novas baixas aconteceram, tirando alguns dos atores principais da novela e colocando outros nomes em seu lugar.

O grande vilão da história foi originalmente escrito para Fábio Assunção, que chegou a gravar cenas da novela. Mas o ator vivia um momento problemático de sua vida particular, tendo de ser novamente internado para um novo tratamento contra as drogas, o que o afastou da novela.

Entrou em cena Gabriel Braga Nunes, em seu primeiro trabalho no retorno à Globo, depois de alguns anos fazendo trabalhos na Recópia Record. O resultado todo mundo sabe, com Gabriel ahazando em sua dobradinha com Glória Pires e sua Norma.

Marina

Se a saída de Fábio Assunção foi entendida e apoiada por autores e diretores de Insensato Coração, o mesmo não se pode dizer de Ana Paula Arósio. Escalada para viver a Marina da história, Ana Paula foi limada da trama logo no início, ao faltar o primeiro dia de gravação. Dizem as más línguas que ela estava mergulhada nos mesmos problemas que Fábio Assunção. #DigaNãoÀsDrogas

Com Ana Paula Arósio afastada da novela, Paola Oliveira foi chamada às pressas e assumiu o papel de Marina, a chatinha da história. Convenhamos, nenhuma atriz, por melhor que fosse, poderia salvar uma personagem tããããoooo boring quanto aquela. Ana Paula Arósio que se livrou de um papel chatíssimo, isso sim! #MuitoFranco

Griselda

Quem vê Lília Cabral brilhando como o Pereirão de Fina Estampa, nem desconfia que ela caiu de pára-quedas na história. A novela de Aguinaldo Silva começou a ganhar forma em sua primeira Master Class, quando o autor reuniu um grupo de aspirantes a roteiristas e juntos criaram a sinopse de Fina Estampa, batizada na época de Marido de Aluguel. E desde o início a personagem Griselda foi escrito especialmente para uma atriz: Glória Pires.

Mas Glória entrou em Insensato Coração, a novela imediatamente anterior a Fina Estampa, com a promessa de que seria apenas para uma participação. Mas a personagem Norma cresceu, roubou a cena e ficou até o final, obrigando a produção de Fina Estampa a achar uma nova atriz para interpretar Griselda. Somente então Lília Cabral ganhou o papel, que tem feito de forma magnífica, não é mesmo?

Eu, particularmente, acho tanto Glória quanto Lília, divinas! As duas ahazam e nos divertem na televisão.

Essa lista poderia ser imensa, mas vou preferir parar por aqui, com apenas esses cinco nomes acima. Quem sabe uma outra hora eu não retorno ao tema, darlings?

Beijos mil,

Stanford

TOP Celebridades Antes da Fama

Ser famoso não é fácil. Enquanto alguns (poucos) conseguem chegar lá sem muito esforço, dando sorte ou por terem Q.I. (Quem Indica, aloka), alguns outros tem de ralar bastante para chegar em algum patamar de reconhecimento.

Estava eu, lindo e belo, andando pelo metrô do Rio de Janeiro, quando me deparo com um boy magia numa propaganda de cueca dentro do vagão do metrô. Pensei: conheço de algum lugar, será que já peguei? Ahaza! Mas nada, era apenas o Jonas do BBB12, que antes de entrar no reality e se tornar conhecido, foi garoto propaganda da marca. Foi depois disso que pensei nesse post.

Por isso, sem mais delongas, pesquisei alguns rostos hoje conhecidos, mas que antes da fama propriamente dita, já tiveram seus rostos (e corpos) na mídia e a gente, muitas vezes, nem percebeu. Vamos conferir?

JONAS SULZBACH

Ele entrou pro BBB e foi impossível não ficar de queixo caído com sua beleza. Depois que vazou então um vídeo do rapaz descabelando o palhaço então, gente, fiquei louco com ele.

Mas antes do BBB, pelo visto, ele ralou bastante. Foi Mister Brasil 2010 e também garoto propaganda da Zorba, estampando propagandas e embalagens. Foi ele que eu vi, cheio de charme, praticamente se exibindo pra mim no metrô. Aloka! E pensar que aquela propaganda devia estar lá há séculos e só agora fui reparar na beleza do rapaz.

MARIA FERNANDA CÂNDIDO

Maria Fernanda Cândido é linda e tem muito talento. E se há pouco tempo acompanhamos sua personagem em O Brado Retumbante, onde vivia uma primeira-dama do Brasil phyna e pra ninguém botar defeito, é impossível não se lembrar de seu primeiro papel de destaque na tevê: em Terra Nostra ela deixou o Brasil inteiro apaixonado com sua Paola e seu macarrão.

Mas antes disso, em 1997, Maria Fernanda já dava o ar da graça na nossa televisão, todos os dias, e a gente nem se dava conta disso. Lembram da novela A Indomada, de Aguinaldo Silva? Pois era ela quem aparecia na abertura da novela, correndo desesperada ao som de um batuque divertido. Ahaza!

Ficou com vontade de se lembrar da abertura e tirar a prova dos 9 se era mesmo a Maria Fernanda? Dá o play abaixo, darling:

HUGH LAURIE

Atualmente ele vive o médico ranzinza mais amado da televisão na série House. E se a série conquistou o público e já está em sua oitava – e última – temporada nos EUA, muito se deve ao carisma e ao talento de Hugh Laurie, que dá vida ao personagem.

O que muita gente pode não se lembrar é que Hugh Laurie viveu, tempos antes, um personagem surreal se comparado ao Dr. House: na comédia familiar O Pequeno Stuart Little, ele vivia o pai da família que adota o ratinho Stuart Little. Gente, como assim? Fico tenso, porque não consigo imaginar o House como pai de um rato. Aloka! Ainda bem que o mundo é uma roda gigante que dá muitas voltas. Ahaza!

EMANUELLE ARAÚJO

Hoje em dia, Emanuelle Araújo é mais do que conhecida. Seja por seus trabalhos na televisão, como atriz, ou seja como a vocalista da Banda Moinho, que tem uma grande base de fãs (eu mesmo atóóóóron algumas músicas deles, Esnoba, por exemplo, ahaza).

Mas se voltarmos um pouco no tempo, exatamente para 1999, você sabe dizer de onde conhece seu rosto? Melbem, a sua memória pode falhar, mas eu estou aqui para ajudá-los. Quando Ivete Sangalo explodiu em sucesso e se despediu da Banda Eva para fazer carreira solo, foi Emanuelle Araújo quem assumiu os vocais da banda baiana, onde ficou até 2002, quando foi substituída por Saulo Fernandes, o atual vocalista. Você lembrava disso?

CYNTHIA FALABELLA

Atualmente no ar em duas novelas (isso mesmo! No SBT vive Aline, em Corações Feridos. Na Globo, está no ar como Estela, em Aquele Beijo), a atriz Cynthia Falabella, durante muito tempo, viveu à sombra da irmã mais famosa, Débora Falabella.

Em 2002, já com nove anos de carreira no teatro, Cynthia substituiu Débora em O Clone, como a Mel, quando a irmã estava internada com meningite no hospital. Na cena, de quatro minutos, Cynthia aparecia gritando e esperneando, mas sem ter seu rosto totalmente revelado.

Às vezes, é bom ter um irmão famoso para dar uma forcinha, mesmo que involuntária, na carreira, não é?

E vocês, gatíssimos e delicinhas, se lembram de algum famoso antes de ficarem efetivamente conhecidos? Se sim, conta pra mim, porque atóóóóóron ler comentários. Apesar do blog estar cada vez mais visitados (amo ver as estatísticas, dois beijos), vocês são meio tímidos e quase não comentam! Aloka! Pode “falar”, gente, tô aqui “escutando”. Ahaza!

Mil beijos,

Stanford

TOP Gays Espalhafatosos em Novelas

Eles são exagerados, todos trabalhados nos trejeitos e, mesmo assim, um sucesso! Apesar de sabermos que existem gays de todos os tipos, dos mais discretos e másculos àqueles caras bem normais que podem estar ao seu lado no trabalho (aloka, imaginei vocês olhando desconfiados pro coleguinha do lado), são as bibas quem mais brilham nas novelas de televisão.

De um tempo para cá então, quase toda novela possuiu pelo menos um personagem gay, refletindo a vida real, afinal, desculpem-me, mas nós existimos e estamos aqui, no meio de todos, lindos, belos e ahazantes.

Mas o TOP TOP de hoje é com eles, as dyvas afeminadas que, vez por outra, roubam as cenas nas novelas e ahazam!

Crô (Fina Estampa)

Em Fina Estampa, Marcelo Serrado vive Crô, o fiel escudeiro da vilã Tereza Cristina (Christiane Torloni), que faz tudo por sua Rainha do Nilo. Levando para o horário nobre vários bordões que incluem expressões que envolvem o Egito, o personagem caiu no gosto popular, com seu jeito espalhafatoso e, como bem diz Tereza Cristina, bem biba. Acho que todo mundo conhece alguém como o Crô, não é mesmo?

Roni (Insensato Coração)

Em Insensato Coração, de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, a biba do momento era Roni, interpretado por Leonardo Miggiorin. Empresário sem talento e melhor amigo da sub-celebridade Natalie Lamour (Deborah Secco), ele vivia comentando os baphos do momento com sua musa.

Áureo (Morde & Assopra)

O filho do prefeito de Preciosa era a biba fujona de Morde & Assopra, de Walcyr Carrasco. Depois de fugir do casamento com Celeste (Vanessa Giácomo), Áureo, vivido por André Gonçalves, volta tempos depois à cidade todo trabalhado no visual fashion e acaba virando melhor amigo da ex, ajudando-a em seus planos malucos, ao mesmo tempo em que ficava todo se engraçando pra cima do peão gostosão.

Cássio (Caras & Bocas)

Em Caras & Bocas, também de Walcyr Carrasco, foi a vez de Cássio, vivido por Marco Pigossi (o nosso Colírio de ontem), dominar a telinha e de ter seus bordões na boca do povo. Quem não morria de rir com o “Tô rosa chiclete!” e “Choquei!” proferidos pelo rapaz? Bibíssimo, passou por uma saia justa e tanto ao se ver envolvido com uma mulher na trama da novela.

A lista é imensa, mas por hoje ficamos apenas com esses. E você se lembra de algum outro personagem do babado que movimentou as novelas com todo seu glamour? Conta pra mim!

Stanford, aquele que você deve seguir no Twitter, e ser amigo no Facebook!