TOP Cidades Para se Conhecer Antes de Morrer

Então que eu sou todo trabalhado nas viagens nacionais e internacionais, darlings. #SouDesses e adoro poder ser assim. Sinceramente, acho que o que levamos dessa vida são as nossas experiências e o que aprendemos. E quer forma melhor de aprender do que conhecendo culturas e pessoas de diferentes partes do mundo?

Nessas minhas andanças por aí, já conheci algumas partes desse mundão de meu Deus e resolvi elencar cinco cidades que eu julgo imperdíveis, daquelas que você pode botar numa lista de “5 Cidades Para Conhecer Antes de Morrer”. Aloka!

‘Bora viajar então? Apertem os cintos e ahazem!

Buenos Aires

A capital de nossos hermanos argentinos é quase quintal de casa para os brasileiros, sweets! Andando pela Florida, por exemplo, uma grande rua do centro de Buenos Aires, se bobear você ouve mais português do que espanhol. Aloka!

Contando com paisagens belíssimas, Buenos Aires se orgulha de ser “a mais europeia das capitais americanas”. Ahaza! E os pontos turísticos são tantos e tão belos, contando com lugares como Puerto Madero, Caminito, Palermo e a Feira de San Telmo.

Aproveitem que é pertinho e barato em conta, darlings. Para quem nunca viajou para fora do Brasil, começar por Buenos Aires é digno e lusho!

Nova York

Da capital portenha, para aquela que é considerada a capital do mundo. Como não suspirar apenas ao pensar em Nova York e em toda sua grandeza e mistura de sotaques e culturas?

Capital das tendências e novidades, tudo parece acontecer primeiro em Nova York para depois se espalhar pelo resto do mundo. Fora que a possibilidade de passear por todos os lugares que você viu inúmeras vezes pela televisão e no cinema é incrível!

Central Park, 5th Avenue, Broadway, passando pelo Marco Zero e se encantando com a Estátua da Liberdade. Fora todo o entorno de Manhattan e afins. Só de falar me dá vontade de pegar um avião e ir correndo pra lá. Aloka!

Paris

Paris, Paris, ah, Paris! A Cidade Luz, terra dos amantes e dos amores, capital da França e, durante muito tempo, referência de moda e tendências. Paris, Paris, Paris! Nunca me canso de repetir seu nome! Ahaza!

É impossível conhecer Paris e não se embasbacar com a beleza inerente à cidade. A Torre Eiffel é daqueles monumentos que te fazem perder o fôlego diante de sua magnitude e a Champs-Élysées a avenida mais charmosa de todo o mundo, com suas mil lojas, das melhores marcas existentes. Como não gostar e gastar?

Além disso, conhecer  o Louvre, a catedral de Notre Dame, as margens do Sena, a praça da Bastilha, o Moulin Rouge, e o castelo de Versailles nas proximidades é imperdível.

Roma

Provavelmente a cidade que mais me surpreendeu quando conheci, Roma é IM-PER-DÍ-VEL, melbem! Misturando o antigo com o moderno, Roma é uma cidade efervescente e pulsante, que atrai nossos olhares para todos os cantos e monumentos.

O Coliseu, o Foro Romano, a Fontana di Trevi, a escadaria Espanhola, as Termas de Caracala, o Vaticano, tudo merece ser conhecido e visitado. Aliás, caminhar por Roma é uma delícia, já que a todo momento somos surpreendidos por algo “novo” a ser descoberto.

E a comida, people??? Nunca comi tão bem em minha vida, provando as melhores pastas e pizzas do mundo TO-DI-NHO. Nham nham!!! Fora o plus que a cidade oferece: os italianos, homens e mulheres, são lindos. #FicaDica

Rio de Janeiro

Impossível deixar a MINHA cidade de fora dessa lista, darlings! Porque sou carioca e porque amo cada cantinho desse paraíso chamado Rio de Janeiro. E agora, com Copa do Mundo, Olimpíadas e mil eventos para acontecer, os olhos do mundo todo se voltam para o Rio. Ahaza!

Com praias deslumbrantes e cercada de verde por todos os lados, o Rio alia as belezas naturais com a modernidade numa mistura única. Passear pelo centro histórico é como voltar ao passado, ao mesmo tempo em que se vê cercado de pessoas no turbilhão da vida moderna.

E os lugares para se conhecer? O Maracanã, o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor, o Jardim Botânico, as praias de Copacabana e Ipanema. Ufa, e isso é só um tantinho de nada do que a cidade oferece! Fora o próprio carioca, sempre simpático por natureza, embalado pelo ritmo do samba e do carnaval.

Conhecer o Rio é se encantar por um way of life todo próprio e diferente. E saber que a cidade está sempre de braços abertos para receber a todos de volta.

Só de lembrar eu fiquei saudoso de tantos lugares! E como sou todo trabalhado nas viagens, esse TOP TOP pode ter uma continuação, que tal? Vou amadurecer a ideia.

Mas pergunto: concorda comigo, conhece algum desses lugares, indicaria outros? Boca no trombone, dedo nos teclados e a caixa de comentários é toda sua. Me conta!!!!

Beijos,

Stanford

TOP Músicas Viciantes

Aiiin, gente, confesso: sou todo trabalhado em ouvir uma música mil vezes. Eu atóóóóóron decorar a letra e ficar por ai cantarolando uma música que eu goste muito. #SouDesses E vez por outra surge uma música que é tão viciante, que você simplesmente não consegue parar de cantar.

Como hoje é segunda-feira e eu sei que tá todo mundo trabalhado na preguiça, com Síndrome de Garfield total, nada melhor do que começar a semana com música, com cinco músicas que não tem saído da minha cabeça por esses dias.

(Eu aproveito e ouço a música mais uma vez e ainda vicio vocês nas minhas manias, hihihi)

Colorir Papel

A música do Jamil entrou pra trilha da novela Fina Estampa e eu TENHO de decorar essa letra porque fico cantando e inventando as partes que não sei. Aloka! E como vou muito a praia, acho que a canção tem tudo a ver com o fim do dia!

Moves Like Jagger

A “nova” música do Maroon 5, do delicinha Adam Levine, é daquelas que grudam na nossa cabeça e ainda nos fazem dançar a todo momento, nos fazendo mexer que nem o Mike Jagger. Ahaza no rebolado aí, darling!

Balada Boa

Se eu falar que eu nem sei quem é Gusttavo Lima vocês vão me bater? Aloka! Mas é verdade… Se bem que, apesar de não conhecer o cantor, ouvi tanto esse refrão “tche tche rerê, tche tche rerê” que ele não sai mais da minha cabeça.

We Found Love

Rihanna tem essa capacidade de fazer esas músicas que nos pegam de jeito e não nos largam mais (vide Umbrella e Please, Don’t Stop the Music, né?). Mas confesso: viciei nessa música graças a versão de Glee, que ficou muito lindinha!

If I Catch You

Podem me xingar, mas era impossível essa música não entrar na lista. Que atire a primeira pedra quem nunca fez a dancinha da coreografia cantando a letra viciante. Mas como tudo que é demais enjoa, optei pela versão em inglês pra vocês. Ahaza e vamos treinar o idioma. Aloka!

E agora, todo mundo viciado nas músicas que não saem da minha cabeça? Viram como sou bonzinho em dividir? *_*

Uma ótima semana para nós.

Mil beijos,

Stanford

Escrito Para Um, Interpretado Por Outro

Eu acho que escrever e produzir uma novela deve ser complicadíssimo! Não só pelos cuidados com a trama, pra não descambar pra chatice e na enrolação, mas também por causa do ego dos atores, que sabemos bem, é coisa que vive nas alturas. Ahaza!

Além disso, tem algo que muita gente não sabe, mas que quem acompanha esse maravilhoso mundo televisivo sempre lê a respeito: nas escalações do elendo para as novelas e séries, nem sempre o ator para que um papel foi feito acaba assumindo o posto. Assim, muitas vezes, às pressas, outro ator tem que ser chamado para a produção. Uma loucura, que muitas vezes acaba dando muito certo para o ator que entrou de gaiato nessa história toda.

O TOP TOP de hoje pega algumas dessas histórias mais recentes e divide com vocês. Porque, darlings, sou desses, que adora elencar e ainda por cima divulgar. Aloka!

Confere aí:

Bebel

Em Paraíso Tropical, de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, foram Camila Pitanga e Wagner Moura quem mais se destacaram. A prostituta Bebel e o vilão Olavo roubaram todas as cenas em que apareceram e conquistaram o público. O detalhe fica por conta da atriz que foi originalmente pensada para viver Bebel: Mariana Ximenes.

Falou-se na época, que Mariana não estava confortável no papel de uma prostituta e aprendiz de vilã, por isso declinou do convite, o que acabou colocando Camila Pitanga na novela. Convenhamos que ela deve muito ter se arrependido, né, sweets? Tanto que tempos depois ela encarnou a sua vilã-cachorra em Passione, de Sílvio de Abreu. Seria Clara uma forma de tentar corrigir o fato de ter aberto mão da Bebel?

Paula – Thaís

Ainda em Paraíso Tropical, outra mudança de atores teve de ser realizada. Depois de trabalhar com Cláudia Abreu em Celebridade, onde a atriz ahazou como a vilã Laura, Gilberto Braga escreveu as gêmeas Thaís e Paula especialmente para Cláudia. Só que a atriz engravidou e teve de abrir mão dos papéis, que acabaram vividos por Alessandra Negrini. E eu já digo logo: achava a Paula um saco, mas adorava a Thaís. #SouDesses, que torcem pro vilão.

Léo

Serão Gilberto Braga e Ricardo Linhares os azarados na escalação do elenco? Aloka! Em Insensato Coração, novas baixas aconteceram, tirando alguns dos atores principais da novela e colocando outros nomes em seu lugar.

O grande vilão da história foi originalmente escrito para Fábio Assunção, que chegou a gravar cenas da novela. Mas o ator vivia um momento problemático de sua vida particular, tendo de ser novamente internado para um novo tratamento contra as drogas, o que o afastou da novela.

Entrou em cena Gabriel Braga Nunes, em seu primeiro trabalho no retorno à Globo, depois de alguns anos fazendo trabalhos na Recópia Record. O resultado todo mundo sabe, com Gabriel ahazando em sua dobradinha com Glória Pires e sua Norma.

Marina

Se a saída de Fábio Assunção foi entendida e apoiada por autores e diretores de Insensato Coração, o mesmo não se pode dizer de Ana Paula Arósio. Escalada para viver a Marina da história, Ana Paula foi limada da trama logo no início, ao faltar o primeiro dia de gravação. Dizem as más línguas que ela estava mergulhada nos mesmos problemas que Fábio Assunção. #DigaNãoÀsDrogas

Com Ana Paula Arósio afastada da novela, Paola Oliveira foi chamada às pressas e assumiu o papel de Marina, a chatinha da história. Convenhamos, nenhuma atriz, por melhor que fosse, poderia salvar uma personagem tããããoooo boring quanto aquela. Ana Paula Arósio que se livrou de um papel chatíssimo, isso sim! #MuitoFranco

Griselda

Quem vê Lília Cabral brilhando como o Pereirão de Fina Estampa, nem desconfia que ela caiu de pára-quedas na história. A novela de Aguinaldo Silva começou a ganhar forma em sua primeira Master Class, quando o autor reuniu um grupo de aspirantes a roteiristas e juntos criaram a sinopse de Fina Estampa, batizada na época de Marido de Aluguel. E desde o início a personagem Griselda foi escrito especialmente para uma atriz: Glória Pires.

Mas Glória entrou em Insensato Coração, a novela imediatamente anterior a Fina Estampa, com a promessa de que seria apenas para uma participação. Mas a personagem Norma cresceu, roubou a cena e ficou até o final, obrigando a produção de Fina Estampa a achar uma nova atriz para interpretar Griselda. Somente então Lília Cabral ganhou o papel, que tem feito de forma magnífica, não é mesmo?

Eu, particularmente, acho tanto Glória quanto Lília, divinas! As duas ahazam e nos divertem na televisão.

Essa lista poderia ser imensa, mas vou preferir parar por aqui, com apenas esses cinco nomes acima. Quem sabe uma outra hora eu não retorno ao tema, darlings?

Beijos mil,

Stanford

TOP Celebridades Antes da Fama

Ser famoso não é fácil. Enquanto alguns (poucos) conseguem chegar lá sem muito esforço, dando sorte ou por terem Q.I. (Quem Indica, aloka), alguns outros tem de ralar bastante para chegar em algum patamar de reconhecimento.

Estava eu, lindo e belo, andando pelo metrô do Rio de Janeiro, quando me deparo com um boy magia numa propaganda de cueca dentro do vagão do metrô. Pensei: conheço de algum lugar, será que já peguei? Ahaza! Mas nada, era apenas o Jonas do BBB12, que antes de entrar no reality e se tornar conhecido, foi garoto propaganda da marca. Foi depois disso que pensei nesse post.

Por isso, sem mais delongas, pesquisei alguns rostos hoje conhecidos, mas que antes da fama propriamente dita, já tiveram seus rostos (e corpos) na mídia e a gente, muitas vezes, nem percebeu. Vamos conferir?

JONAS SULZBACH

Ele entrou pro BBB e foi impossível não ficar de queixo caído com sua beleza. Depois que vazou então um vídeo do rapaz descabelando o palhaço então, gente, fiquei louco com ele.

Mas antes do BBB, pelo visto, ele ralou bastante. Foi Mister Brasil 2010 e também garoto propaganda da Zorba, estampando propagandas e embalagens. Foi ele que eu vi, cheio de charme, praticamente se exibindo pra mim no metrô. Aloka! E pensar que aquela propaganda devia estar lá há séculos e só agora fui reparar na beleza do rapaz.

MARIA FERNANDA CÂNDIDO

Maria Fernanda Cândido é linda e tem muito talento. E se há pouco tempo acompanhamos sua personagem em O Brado Retumbante, onde vivia uma primeira-dama do Brasil phyna e pra ninguém botar defeito, é impossível não se lembrar de seu primeiro papel de destaque na tevê: em Terra Nostra ela deixou o Brasil inteiro apaixonado com sua Paola e seu macarrão.

Mas antes disso, em 1997, Maria Fernanda já dava o ar da graça na nossa televisão, todos os dias, e a gente nem se dava conta disso. Lembram da novela A Indomada, de Aguinaldo Silva? Pois era ela quem aparecia na abertura da novela, correndo desesperada ao som de um batuque divertido. Ahaza!

Ficou com vontade de se lembrar da abertura e tirar a prova dos 9 se era mesmo a Maria Fernanda? Dá o play abaixo, darling:

HUGH LAURIE

Atualmente ele vive o médico ranzinza mais amado da televisão na série House. E se a série conquistou o público e já está em sua oitava – e última – temporada nos EUA, muito se deve ao carisma e ao talento de Hugh Laurie, que dá vida ao personagem.

O que muita gente pode não se lembrar é que Hugh Laurie viveu, tempos antes, um personagem surreal se comparado ao Dr. House: na comédia familiar O Pequeno Stuart Little, ele vivia o pai da família que adota o ratinho Stuart Little. Gente, como assim? Fico tenso, porque não consigo imaginar o House como pai de um rato. Aloka! Ainda bem que o mundo é uma roda gigante que dá muitas voltas. Ahaza!

EMANUELLE ARAÚJO

Hoje em dia, Emanuelle Araújo é mais do que conhecida. Seja por seus trabalhos na televisão, como atriz, ou seja como a vocalista da Banda Moinho, que tem uma grande base de fãs (eu mesmo atóóóóron algumas músicas deles, Esnoba, por exemplo, ahaza).

Mas se voltarmos um pouco no tempo, exatamente para 1999, você sabe dizer de onde conhece seu rosto? Melbem, a sua memória pode falhar, mas eu estou aqui para ajudá-los. Quando Ivete Sangalo explodiu em sucesso e se despediu da Banda Eva para fazer carreira solo, foi Emanuelle Araújo quem assumiu os vocais da banda baiana, onde ficou até 2002, quando foi substituída por Saulo Fernandes, o atual vocalista. Você lembrava disso?

CYNTHIA FALABELLA

Atualmente no ar em duas novelas (isso mesmo! No SBT vive Aline, em Corações Feridos. Na Globo, está no ar como Estela, em Aquele Beijo), a atriz Cynthia Falabella, durante muito tempo, viveu à sombra da irmã mais famosa, Débora Falabella.

Em 2002, já com nove anos de carreira no teatro, Cynthia substituiu Débora em O Clone, como a Mel, quando a irmã estava internada com meningite no hospital. Na cena, de quatro minutos, Cynthia aparecia gritando e esperneando, mas sem ter seu rosto totalmente revelado.

Às vezes, é bom ter um irmão famoso para dar uma forcinha, mesmo que involuntária, na carreira, não é?

E vocês, gatíssimos e delicinhas, se lembram de algum famoso antes de ficarem efetivamente conhecidos? Se sim, conta pra mim, porque atóóóóóron ler comentários. Apesar do blog estar cada vez mais visitados (amo ver as estatísticas, dois beijos), vocês são meio tímidos e quase não comentam! Aloka! Pode “falar”, gente, tô aqui “escutando”. Ahaza!

Mil beijos,

Stanford

Whitney Houston: TOP 05 Clássicos da Diva

Gente, me pinta que eu tô NUDE! Como assim a Whitney Houston morreu? Como bem cantou Renato Russo, darlings, “é tão estranho, os bons morrem jovens…”. Ahaza!

De acordo com as informações divulgadas, a cantora foi declarada morta às 21h55min do último sábado, 11/02/12, depois de encontrada em seu quarto, localizado no 4º andar do Beverly Hilton Hotel, em Los Angeles. As causas da morte ainda não foram esclarecidas e não se sabe se estão ou não ligadas ao uso de drogas.

Considerada uma das divas da música americana, a cantora chegou ao auge no meio dos anos 80 e permaneceu nele até o fim dos anos 90, quando seus escândalos envolvendo drogas começaram a vir a público. #Tenso

Entretanto, como diva que sempre foi, merece ser lembrada por seu talento e carisma e é por isso que resolvi montar a pequena lista abaixo, com cinco clássicos interpretados pela cantora, sem nenhuma ordem de preferência:

I Have Nothing

Da trilha sonora do filme O Guarda-Costas (1992), foi o terceiro single da trilha sonora do filme a ganhar as paradas de sucesso. A música foi indicada para o Oscar de Melhor Canção Original em 1993.

Greatest Love Of All

Originalmente gravada em 1977, por George Benson, foi Whitney quem popularizou   a música quando a gravou, em 1985.

I Will Always Love You

Originalmente gravada por Dolly Parton, em 1974, foi regravada por Whitney e música tema do filme O Guarda-Costas. Na voz de Whitney, a canção se tornou o single feminino mais bem sucedido da história, sendo a sexta música de maior sucesso de todos os tempos, ficando por 14 semanas consecutivas nas paradas musicais dos EUA e do Reino Unido.

I Look To You

Canção do sétimo álbum de estúdio de Whitney, lançado em 2009, a canção tem o mesmo nome do álbum e foi o primeiro single oficial. No Brasil, a canção ficou famosa ao entrar na trilha da novela Viver a Vida, como tema dos personagens Luciana (Alinne Moraes) e Miguel (Mateus Solano).

One Moment In Time

A canção, do compositor John Bettis, foi gravada por Whitney para ser tema das Olímpiadas de 1988, em Seul, na Coréia do Sul. Sucesso, é claro!

Whitney, my darling, descanse em paz. Sua música sempre estará conosco! E, onde quer que você esteja, ahaze sempre!

Stanford

TOP Desculpas Esfarrapadas Para Terminar Um Relacionamento

Você estava bem na vida, livre, leve, solto(a), mas, quando menos esperava, surgiu aquele boy magia ou uma gata sensação e tudo mudou. Você se empolgou, fez planos, talvez iniciou um namoro, mas, de uma hora pra outra, tudo mudou novamente e, quando se deu conta, já era, aquilo tudo acabou.

Calma, você não está sozinho. Todo mundo já tomou um pé na bunda, já chorou compulsivamente, já pensou em se matar e sabe  bem como é complicado lidar com isso quando acontece. O melhor (ou pior, dependendo do ponto de vista, aloka) são as desculpas dadas por aquele que quer dar o fora da relação e não sabe bem como fazer isso de forma digna.

O TOP TOP de hoje vem todo trabalhado na auto-ajuda, já que vai identificar as cinco desculpas mais esfarrapadas que as pessoas utilizam quando querem dar o fora de um relacionamento e não sabem fazer isso como alguém adulto, falando a verdade. Mais que isso, deixo algumas dicas para você ainda sair por cima dessa história – mesmo sofrendo, porque eu sei que vai doer uma eternidade, #SouEmpático -, respondendo à altura se for você quem estiver ouvindo essas barbaridades. Ahaza, enxuga as lágrimas e parte pra outra, porque, garanto, melbem, a fila anda!

“O problema não é você. Sou eu…”

Clássico. O bom é que a pessoa ainda quer terminar o relacionamento se colocando por baixo, como se fazendo isso estivesse sendo uma pessoa melhor. Sinto muito, darlings, não funciona.

A dica pra quem ouvir essa frase é simples: responder à altura. Se ouvir que o relacionamento está terminando mas que o problema está na outra pessoa, rebata: “Eu sei, a merda é que eu sempre acho que vou consertar todas as merdas e problemas do mundo. Nem sempre dá, né? Seja feliz!”

“Estou sem tempo para me dedicar a alguém, preciso focar na minha carreira.”

Gente, que bla bla bla idiota, não? Afinal, que profissão é essa que suga TODA a atenção da pessoa que impede que ela tenha um relacionamento? Trabalha na área de acompanhantes de luxo, darling? Aloka!

Se ouço uma frase dessas, sou curto e grosso: “Foca, meu amor! Mas foca direitinho e some da minha vida, porque eu é que não tenho paciência pra pessoas limitadas que só conseguem fazer uma coisa de cada vez.” #SouDesses

“Estou confuso, preciso de um tempo para pensar…”

Acredito que todo mundo tenha o direito de não saber exatamente o que quer da vida e, quando ficar junto com outra pessoa, isso pode ser perturbador. Mas não me venha falar em “preciso de um tempo” porque isso é desculpa dos fracos.

Sweets, ninguém merece ficar à mercê de outra pessoa enquanto ela está dando um tempo. Fora que isso é quase sempre uma desculpa para “tipo assim, vou ali pegar o mundo, mas quando eu cansar, volto pra você”. Ah, comigo não!

Dica: a pessoa quer um tempo para pensar? Dê esse tempo. E TODO o tempo do mundo pro resto da vida dela. No seu caso, eu ainda saia para dar uns bons beijos na boca sem compromisso enquanto o(a) outro(a) estivesse lá pensando.

“Você é demais pra mim, merece alguém melhor do que eu.”

A velha desculpa de “muita areia pro meu caminhãozinho”. A-ham, Claudia, senta lá. E não levanta!

A criatura precisa ficar um tempo com a pessoa para só depois se dar conta de que ela é ótima, maravilhosa, bonita, inteligente e simpática? E, exatamente por isso, é demais e merece coisa melhor? Merece umas boas porradas, darlings, isso sim! Aloka!

Se alguém fala pra mim que sou muito bom para ele ou algo parecido, eu assumo isso e levo pra vida. E o outro deve ser tão desprezível e insignificante, que não pode merecer a minha atenção. Humpf!

“Descobri que sou gay.”

Se um cara tem a coragem de admitir isso (mesmo sendo mentira), não tenho muito o que dizer. Mas dou a dica: se for bonito, passa meu contato pra ele, ok? Aloka!

Desculpas existem aos montes. Levanta a mão primeiro quem nunca ouviu uma dessas ou, até mesmo, num momento de término, não proferiu uma dessas frases. Pode confessar que a gente está entre amigos, hihihi

O bom? Com ou sem pés na bunda e desculpas esfarrapadas, a vida sempre segue e a gente acaba encontrando quem realmente nos mereça ou aprendemos a viver com quem efetivamente nos basta: nós mesmos!

Mil beijos,

Stanford

TOP Gays Espalhafatosos em Novelas

Eles são exagerados, todos trabalhados nos trejeitos e, mesmo assim, um sucesso! Apesar de sabermos que existem gays de todos os tipos, dos mais discretos e másculos àqueles caras bem normais que podem estar ao seu lado no trabalho (aloka, imaginei vocês olhando desconfiados pro coleguinha do lado), são as bibas quem mais brilham nas novelas de televisão.

De um tempo para cá então, quase toda novela possuiu pelo menos um personagem gay, refletindo a vida real, afinal, desculpem-me, mas nós existimos e estamos aqui, no meio de todos, lindos, belos e ahazantes.

Mas o TOP TOP de hoje é com eles, as dyvas afeminadas que, vez por outra, roubam as cenas nas novelas e ahazam!

Crô (Fina Estampa)

Em Fina Estampa, Marcelo Serrado vive Crô, o fiel escudeiro da vilã Tereza Cristina (Christiane Torloni), que faz tudo por sua Rainha do Nilo. Levando para o horário nobre vários bordões que incluem expressões que envolvem o Egito, o personagem caiu no gosto popular, com seu jeito espalhafatoso e, como bem diz Tereza Cristina, bem biba. Acho que todo mundo conhece alguém como o Crô, não é mesmo?

Roni (Insensato Coração)

Em Insensato Coração, de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, a biba do momento era Roni, interpretado por Leonardo Miggiorin. Empresário sem talento e melhor amigo da sub-celebridade Natalie Lamour (Deborah Secco), ele vivia comentando os baphos do momento com sua musa.

Áureo (Morde & Assopra)

O filho do prefeito de Preciosa era a biba fujona de Morde & Assopra, de Walcyr Carrasco. Depois de fugir do casamento com Celeste (Vanessa Giácomo), Áureo, vivido por André Gonçalves, volta tempos depois à cidade todo trabalhado no visual fashion e acaba virando melhor amigo da ex, ajudando-a em seus planos malucos, ao mesmo tempo em que ficava todo se engraçando pra cima do peão gostosão.

Cássio (Caras & Bocas)

Em Caras & Bocas, também de Walcyr Carrasco, foi a vez de Cássio, vivido por Marco Pigossi (o nosso Colírio de ontem), dominar a telinha e de ter seus bordões na boca do povo. Quem não morria de rir com o “Tô rosa chiclete!” e “Choquei!” proferidos pelo rapaz? Bibíssimo, passou por uma saia justa e tanto ao se ver envolvido com uma mulher na trama da novela.

A lista é imensa, mas por hoje ficamos apenas com esses. E você se lembra de algum outro personagem do babado que movimentou as novelas com todo seu glamour? Conta pra mim!

Stanford, aquele que você deve seguir no Twitter, e ser amigo no Facebook!

TOP Galãs Maduros

Para algumas pessoas, a máxima de que são como o vinho, ao ficarem melhor ao envelhecerem, é mais do que justa. Eu, particularmente, apesar de babar por alguns novinhos que vejo por aí, sempre acho espaço em meu coração para homens maduros e que levam no rosto e na vida as marcas da experência. E, algumas vezes, ainda nos deixam sem fôlego, aloka!

Assim, o TOP TOP dessa semana selecionou três atores e galãs que fazem a nossa alegria com seus personagens que, além de nos emocionarem, nos deixam embasbacados em como para algumas pessoas o tempo pode ser tão generoso.

Domingos Montagner

Atual queridinho da televisão, a ator é oriundo do circo e teatro, mas conquistou mesmo os corações ao aparecer na série Divã, ao lado de Lília Cabral. Logo depois deu vida a um cangaceiro-magia em Cordel Encantado e, atualmente, nos brinda com sua beleza e interpretação de um presidente fictício em O Brado Retumbante.

Só tenho algo a declarar: vem ser o meu presidente e faz da minha vida o seu governo, Domingos! Aloka!

George Clooney

Quem é que se lembra dele em Plantão Médico? Depois de várias temporadas interpretando um dos personagens principais de uma das primeiras séries focada na vida dentro de um hospital, Clooney conquistou Hollywood, emplacando um sucesso atrás do outro no cinema.

Hoje maduro, com seu sorriso cativante e cabelos grisalhos, merece toda a fama que possui. É um querido do público e da crítica, sendo premiado e desejado por pessoas de todo o planeta. Dizem as (más) línguas que ele é bissexual. Confesso, vibro só de imaginar essa possibilidade. Ahaza!

Antonio Banderas

Como sou todo trabalhado na globalização, depois de um brasileiro e um americano, coloco um espanhol caliente para encerrar a  lista. E nada melhor do que Antonio Banderas para isso. O ator espanhol começou sua carreira atuando em filmes de Almodóvar, tentou a sorte em Hollywood, mas reencontrou o sucesso recentemente ao protagonizar o elogiadíssimo A Pele Que Habito, de Almodóvar, 20 anos depois de ter atuado em um filme do diretor.

Com todo seu jeito latino, Banderas seduz apenas com o olhar, como quem diz: vai encarar? Querido, não pergunta duas vezes, pois eu sei de uma fila aqui no Blog do Stanford que encararia FELIZ o desafio. Estou errado?

Me digam, gostaram da lista? Que outro ator maduro tira o seu sono e te faz suspirar? A caixa de comentários é de vocês, sweets!

Beijos mil,

Stanford

 

TOP Interpretações da Vida Real

Hello, angels, tudo bem por aí? Não sei vocês, mas eu atóóóóron ficar horas e horas acompanhando as mais diversas histórias, seja no cinema ou na televisão. Sou um ser totalmente trabalhado nas histórias audiovisuais!Por isso, com o tempo, aprendi a apreciar o trabalho de atores e atrizes que, algumas vezes, tem de, literalmente, mergulhar na vida de um personagem, convencendo-nos ao interpretar uma pessoa completamente diferente de si mesmos.

Se a tarefa já é difícil quando se trata de personagens fictícios, imaginem o trabalho que dá quando as tramas tratam de personalidades que realmente existiram, alguns ainda bem vivos na memória de todos nós? É uma loucura, sweet darlings!

Por isso, nada mais justo do que inaugurar a nossa coluna TOP TOP citando três atrizes que estão sendo reconhecidas por seu trabalho depois de interpretarem pessoas reais, na televisão e no cinema, com maestria e competência, ahazando com seus talentos.

Com vocês, as nossas divas da arte dramática, que merecem aplausos por darem de si ao interpretar personalidades reais. Clapi Clapi pra elas!

Fafy Siqueira, em Dercy de Verdade

A microssérie da Globo foi um sucesso, mostrando a todos nós como a vida da desbocada e tresloucada Dercy Gonçalves não era fácil. Afinal, “rapadura é doce, mas não é mole não!” é um clichê que pode facilmente se aplicar à vida da comediante mais famosa do Brasil. Aloka!

Praticamente recebendo o espírito de Dercy Gonçalves, Fafy Siqueira mostrou toda sua versatilidade, incorporando gestuais e maneirismos da comediante e emocionando a todos os telespectadores. Com o sucesso da microssérie é bom provável que ela consiga levar seu projeto de peça de teatro baseado em Dercy finalmente aos palcos.

Menção Honrosa: Heloísa Perissé, ao dar vida à uma jovem Dercy, também ahazou, mostrando para todos que é, além de uma ótima comediante, uma atriz de primeira!

Michelle Williams, em Minha Semana com Marilyn

Duas vezes indicada ao Oscar (por O Segredo de Brokeback Montain e Namorados Para Sempre), a jovem atriz Michelle Williams teve a pouco a oportunidade de viver nos cinemas o papel do ícone Marilyn Monroe.

Em Minha Semana Com Marilyn, Michelle vive a também atriz, no romance que se passa no verão de 1956 e acompanha o jovem Colink Clark (Eddie Redmayne) durante seu trabalho como assistente na produção do filme  O Príncipe Encantado.

Quem já conferiu garante que Michelle ahaza vivendo a diva Marilyn e é certa a sua terceira indicação ao Oscar pela personagem. O filme estreia no Brasil no dia 10 de fevereiro.

Meryl Streep, em A Dama de Ferro

Meryl Streep é diva e isso é inquestionável! A atriz é daquelas que a cada filme está totalmente diferente e entregue à nova personagem, nos emocionando, fazendo rir, ou simplesmente nos entretendo. Meryl Streep, sweet darlings, é o que eu chamo de atriz de verdade, daquelas com A maiúsculo. Ahaza!

Em A Dama de Ferro ela vive a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, com direito a mudança radical de visual, tornando-se uma verdadeira cópia da mulher que interpreta. Tem MUITO cheiro de Oscar isso, darlings, sendo a indicação de Meryl Streep (ela concorreria pela 17ª vez, sendo que já ganhou o prêmio “apenas” duas vezes) mais do que certa, alguém duvida?

A Dama de Ferro estreia no Brasil também no dia 10 de fevereiro. Vai ser duelo de divas interpretando personagens reais no cinema, people. Atóóóóron!

Claro que a lista é imensa, mas o no meu TOP só entram três, porque sou desses, chegado num número cabalístico, aloka!

Mil beijos e até a próxima!

Stan

Dica: Confiram a super promoção que tá rolando no meu Twitter, clicando aqui!